Autocontrole

Tourinho_modf“Na Análise do Comportamento, o autocontrole recebe um tratamento diverso. Não se trata de “conter emoções”, mas de responder sob controle de consequências com maior atraso e maior magnitude, quando esse responder concorre com outro(s) (impulsivos) mantido(s) por consequências imediatas de menor magnitude.”

(Tourinho, “Subjetividade e Relações Comportamentais”, 2009, p. 176).

4 thoughts on “Autocontrole

  1. Verdadeiro desafio fazer as pessoas compreenderem isso, principalmente as novas gerações, mais imediatistas e com menos tolerância à frustração…

  2. E quando a atitude pessoal torna-se algo fora do controle, como por exemplo a auto-mutilação, como no filme cisne negro, que a atriz principal se lesionava constantemente.

    • Olá Lely!
      Obrigado pela sua questão!
      A atitude pessoal será sempre função das contingências às quais esta pessoa está inserida. Seu repertório de comportamentos dependerá de sua história de contingências de reforçamento.
      Há aqui um excelente texto do Hélio Guilhardi sobre especificamente o filme que você cita: “O Cisne Negro”. Vale muito à pena ler! O texto pode ser acessado à partir do seguinte link:

      Click to access cisnenegro.pdf

      Um abração!

Comente!

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.