Religião: Fator de proteção ou risco ao suicídio?

By Tiago Zortea.

A literatura em suicidologia aponta dados muito claros de que a religião se constitui um fator de proteção contra o suicídio. O gráfico abaixo (Bertolote & Fleischmann, 2015) mostra claramente a diferença de morte por suicídio entre as religiões comparada ao ateísmo. No entanto, qualquer conclusão precipitada ao ler este gráfico incorre em grande risco de equívoco e desinformação. A maior parte dos estudos indica que o aspecto religioso em si não é o fator de proteção, mas o pertencimento a uma comunidade e a redução do isolamento social (O’Connor & Sheehy, 2000). No entanto, existem variações de taxa por suicídio dentro da própria religião. Há dados, por exemplo, indicando que protestantes morrem por suicídio mais do que católicos (O’Connor & Sheehy, 2000).

Screen Shot 2016-03-11 at 11.59.18 Continue reading

Advertisements